Dedo no Mapa – Colônia Witmarsum

Quando li o relato da Sílvia Oliveira (matraqueando.com.br) sobre a Colônia Witmarsum, fiquei muito curiosa para conhecer esse lugar tão perto da capital paranaense, mas permeado pela cultura e costumes dos alemães menonitas que ocuparam a região na década de 50.

Assim, decidimos alugar um carro e ir até a Colônia Witmarsum, situada no município de Palmeira, há aproximadamente 60 km de Curitiba. É perfeita para um bate e volta.

Indo cedo, pode-se aproveitar mais a região, e ainda há opções de hospedagem para quem quiser conhecer tudo mais calmamente.

Recomenda-se ir nos finais de semana ou feriado, quando os estabelecimentos estão abertos e em pleno funcionamento.

Logo na chegada da colônia, à direita, encontra-se o centro cultural, com o Museu de História Witmarsum, no qual se pode assistir a palestra sobre a história da colônia, que ocorre durante a tarde.

Um pouco à frente fica o mercado da cidade e, na sua entrada, nas manhãs de sábado até ao meio-dia, acontece uma pequena feira com produtos artesanais. Geleias, sucos, pães, biscoitos, cucas, tudo feito pelos moradores da colônia. Provamos e aprovamos =)

 

Produtos artesanais na feirinha de Witmarsum

Quanto mais cedo se chegar à colônia, maiores as opções de produtos para se comprar. Já no mercado, que fecha às 17h, são vendidos os laticínios produzidos pela Cooperativa de Witmarsum.

Subindo a rua atrás do mercado, à direita, começam a aparecer as casinhas típicas  e também se encontram alguns dos locais que oferecem almoço e café colonial, além de lojas de artesanatos.

Nós optamos por almoçar no Bauerhaus, que se acessa saindo do lado oposto, pela rua à direita do museu histórico.

Lá é oferecido almoço da culinária alemã, em estilo buffet liberado, por preço fixo por pessoa. As sobremesas estão incluídas.

 

No local há mesas ao ar livre, pés de várias frutas, alguns animais e itens de fazenda para o visitando apreciar. Ali são oferecidos passeios, mediante prévio agendamento. Para informações acesse http://www.bauernhaus.com.br/p/passeio-pedagogico.html

Após o almoço, seguimos para a Ponyland, local onde, além de opções de refeições, é possível fazer passeios de cavalo, pônei para as crianças, além do trenzinho trator, no qual se conhece um pouco da propriedade, do solo e vegetação local, terminando em um riozinho onde se pode tomar um breve banho. Nosso filhos curtiram muito ver e andar de pônei, além da experiência de andar em um trem conduzido por um trator.

Ponyland – Restaurante e atrações

 

Na saída, já mais para o final da tarde, fomos experimentar o típico café colonial na Confeitaria Kliewer. Optamos pelo buffet liberado, para conhecer os itens da região, e também para evitar a fila no atendimento. A confeitaria estava bastante cheia, especialmente pelo horário no qual fomos.

Para quem curte fazer programas ao ar livre, com a acolhida e perfil do interior e, em particular, o toque dos costumes e história alemães, a Colônia Witmarsum é um passeio encantador.

Curtiu? Conta pra gente!