Passeio com as crianças no Beto Carrero World

img_4475

Em abril de 2016 levamos nossas crianças a Santa Catarina, para conhecerem o Beto Carrero World, e aproveitamos para esticar até Bombinhas e curtir uma praia.

A dobradinha foi interessante e proveitosa, já que após a maratona do parque, tivemos alguns dias de descanso a beira mar.

Santa Catarina é um estado que merece a consideração das famílias na escolha de roteiros de viagem.

Povo muito educado, hospedagens com boa estrutura, children friendly, praias lindas, e ainda o maior parque temático da América Latina compõem algumas das atrações que tornam o passeio bastante interessante.

Primeiramente, considerando a ida para SC de avião, e tendo a pretensão de ir ao parque, a melhor opção é voar até Navegantes e de lá seguir para Penha, cidade ao lado do Beto Carreiro e com boas opções de hotéis.

Alugamos um carro para o período, já que, além de ir até Penha, passaríamos outra parte dos dias em Bombinhas.

Em Penha, ficamos na Pousada Pedra da Ilha. Pontos de destaque: atenção e bom serviço dos funcionários, limpeza, tamanho do quarto, estrutura para crianças, café da manhã rico e nutritivo e proximidade com o parque.

Detalhe que esta pousada fica de frente para a praia e nem tivemos tempo para curtir.

img_0305
Área de brinquedos na Pousada Pedra da Ilha
img_0296
Parte do café da manhã da Pousada Pedra da Ilha

Nossa programação foi visitar o Beto Carrero World em dois dias, tendo adquirido os ingressos pela internet. É importante verificar no site os dias de funcionamento (especialmente em baixa temporada), além de poder ter uma noção das atividades disponíveis.

Também convém olhar como estará o tempo no dia, pois com chuva, certas atrações serão complicadas de se conhecer, especialmente com crianças muito pequenas.

Como fomos em abril, tivemos a oportunidade de pegar um tempo excelente, bastante sol, sem chuvas, além de ser baixa temporada, conseguindo assim bons preços tanto no parque quanto nas hospedagens.

A ida ao Beto Carreiro

Optamos por utilizar o estacionamento de um hotel que fica em frente ao parque. Assim, é necessário atravessar a rodovia tanto para ir como para voltar da atração, mas o preço era infinitamente menor do que o praticado no parque. Com atenção, foi tranquilo fazer a travessia.

img_4390

No parque, pegamos um mapa com as atrações e selecionamos aquelas que conheceríamos no primeiro dia, dentre as quais citamos o teleférico, brinquedos de parque de diversão, filme 4D, apresentações, shows, área de pôneis e cavalos, além de encontro com os personagens da DreamWorks.

É importante verificar em um dos quadros espalhados pelo parque os shows do dia para se programar e não correr o risco de estar distante do local na hora da apresentação desejada.

img_4413
Opções de shows no dia em que estivemos no Beto Carrero World

Balneário Camboriú

No dia seguinte, optamos por fazer outra atividade – uma esticada até Balneário Camboriú. A rotina em parques temáticos é intensa e tanto as crianças quanto os adultos se cansam. Assim, passar dois dias seguidos nesse ritmo nos pareceu cansativo. A pausa foi revigorante.

BC é uma linda cidade, com boas opções de restaurantes, além do passeio de bondinho, ônibus que circula na orla, bem como parquinhos interessantes para os pequenos.

Lendo alguns relatos, optamos por almoçar antes de pegar o bondinho (Parque Unipraias), no restaurante Vikings, na estação barra sul. Não achamos que valeu a pena, a comida não era tão boa, e o preço caro.

Pegando o bondinho, durante a travessia, há uma primeira parada, onde existem algumas atividades e atrações para crianças maiores e adultos. Nesse local não há opções de lanche. Caso opte por essas atividades, é necessário comprar tickets específicos para tanto.

img_4448
Vista do passeio de bondinho no Parque Unipraias – Show!!!

Compramos os ingressos do bondinho pela internet, mas chegando lá o preço na bilheteria era o mesmo.

Na parada final, encontra-se a praia de Laranjeiras. Quando ali descemos, observamos que havia restaurantes e lugares para lanche. Ah, lembre-se de ir com roupa de banho para curtir a praia. É possível alugar mesas e cadeiras (35 reais em abril/16).

img_4471

Quando retornamos, já estava entardecendo (deve-se verificar qual último horário de retorno do bondinho). Aproveitamos o final de tarde na ponta da orla, onde tiramos muitas fotos e os meninos curtiram o parquinho próximo.

img_0245

Para finalizar o dia, fomos conhecer o Café Haus Glória, muito bem cotado no Tripadvisor. Trata-se de um café com opções de lanches avulsos, ou café colonial (buffet livre com um valor fixo). O estabelecimento funciona até às 21 horas.

Segundo dia no Beto Carrero World

No dia seguinte, voltamos ao Beto Carrero e tentamos visitar as demais atrações pertinentes para nossos filhos. Li vários relatos de que dois dias são suficientes para se conhecer todo o parque. Na nossa visão, em dois dias é possível conhecer praticamente todas atrações adequadas para seu filho. Mas muitas opções podem ficar de fora.

img_4510
Show Velosos e Furiosos – muita adrenalina e emoção

Destaco que não é permitido entrar com alimentos no parque, e que o preço praticado nas opções lá existentes é mais caro. Existe uma ampla praça de alimentação, e pontos espalhados onde são vendidos sorvetes, lanches, bebidas.

Antes de ir, procure entrar no site da atrações e ver todas informações que podem facilitar e tornar o tempo dentro do parque mais proveitoso (www.betocarrero.com.br)

Foi uma ótima opção termos levado as crianças ao Beto Carrero World!

img_4529
Carrossel na praça de alimentação

 

Uma opinião sobre “Passeio com as crianças no Beto Carrero World

  • dezembro 2, 2016 em 9:34 am
    Permalink

    Nosso Brasil nos oferece cada lugar mais lindo pra conhecer…. Que delícia de viagem!

    Resposta

Curtiu? Conta pra gente!